Tornar-se num cliente

Pedir o cartão MAKRO

Limpeza e Desinfeção

A correta higienização das espaços e áreas alimentares previne e diminui a potencial ocorrência de riscos.

Plano de Higiene - É muito importante que nos estabelecimentos onde se elabore e prepare alimentos se realize um correto procedimento de higiene. Assim, garante-se a diminuição de riscos de contaminação microbiana nas superfícies, equipamentos, utensílios e instalações.

Limpeza - Eliminação de partículas e restos de sujidade presentes nas superfícies através da conjugação de ação mecânica, utensílios e químicos.

Desinfeção - Redução ou eliminação da população microbiana com recurso à utilização de agentes químicos e/ou físicos (calor).

 

Desinfetar de forma eficaz e segura as áreas alimentares

Os clientes consideram que a qualidade e a segurança dos alimentos são cada vez mais importantes. Uma experiência infeliz pode fazer com que o cliente não regresse e passe essa informação negativa aos amigos.

Assim, é importante manter a cozinha nas melhores condições de limpeza e higiene, especialmente nas áreas de preparação de alimentos. Em todas as cozinhas, a desinfeção é uma obrigação para prevenir contaminações e infeções.

Os detergentes desinfetantes para cozinhas limpam e desinfetam num único passo. São seguros para utilização em áreas de preparação de alimentos, como por exemplo bancadas.

 

Tirar manchas e marcas de dedos de superfícies de inox

Na maioria das cozinhas, especialmente as profissionais, o aço inoxidável é um material frequentemente utilizado. Não surpreende, é claro, devido à sua durabilidade e acabamento escovado. O aço inoxidável contém crómio, e a reação do crómio com o oxigénio no ar cria uma camada protetora, impedindo o aço inoxidável de enferrujar ou ficar com manchas permanentes. No entanto, esta reação será comprometida quando a gordura e a sujidade revestirem a superfície de aço inoxidável. Os detergentes para inox removem sujidades, manchas e marcas de dedos em segundos, deixando um resultado brilhante.

 

Tirar rapidamente gorduras e sujidades difíceis

Gerir e limpar uma cozinha profissional significa lidar com gorduras e sujidades difíceis, não mencionando o elevado tráfego de pessoas.

As superfícies da cozinha podem ser pegajosas devido à combinação de gordura, vapor e pó. Neste sentido, é preciso algo que seja forte para eliminar a gordura e a sujidade ao mesmo tempo que seja seguro para usar em áreas de preparação de alimentos.

 

Tirar gorduras difíceis e alimentos queimados de fornos e grelhas

Gerir uma cozinha profissional significa gerir uma cozinha movimentada, na qual fornos e grelhas estão quase sempre a trabalhar. Gordura e resíduos de alimentos queimados são inevitáveis, e ao acumular demasiada gordura pode correr riscos de incêndio. Além disso, qualquer migalha esquecida e mantida no forno pode causar fumo e alteração no sabor, visto que os resíduos cozinham ainda mais, transferindo o cheiro para o próximo alimento que for cozinhar no forno. Os clientes podem notar a diferença no sabor e poderá causar a sua insatisfação.

Nesse sentido, a limpeza regular de fornos e grelhas é definitivamente uma obrigação.

 

Vidros brilhantes e sem marcas

Nada é mais convidativo e representativo de limpeza do que vidros brilhantes e sem marcas. Especialmente se o seu estabelecimento está situado numa área onde as pessoas passam continuamente, é importante ter vidros limpos, uma vez que estes integram o seu cartão de visita. Quando as pessoas veem vidros sujos tendem a assumir que o resto das instalações não estão limpas e, por sua vez, não se sentem motivados para entrar. Não ignore o poder da uma boa primeira impressão, é importante garantir que os vidros não só ficam brilhantes como também sem marcas.

 

O que fazer se os resultados da máquina de lavar loiça não forem os desejados?

Remover sempre os restos de alimentos e enxaguar os pratos antes de carregar a máquina.

Garantir que a máquina é carregada corretamente para não ficar sobrecarregada e o fluxo de água passar adequadamente. Sobrecargas implicam a repetição de lavagens.

Importa fazer a desincrustação regularmente para evitar depósitos de calcário na máquina.


Antes de mais, para desinfectar uma superfície corretamente é necessário desengordurar a superfície, pois só desta forma é que o agente desinfectante pode ser eficaz.

Hoje em dia, para superfícies pouco sujas e para tornar a tarefa mais simples, alguns industriais propõem produtos que possuem uma ação detergente e desinfectante, realizando estas 2 operações numa só etapa.


  • A utilização deste tipo de produtos, não impede que seja feita uma limpeza para remoção de resíduos sólidos. É necessário um tempo de contacto mínimo de 5 minutos para permitir ao desinfectante atuar sobre os microrganismos.
  • Deverá seguir as indicações presentes na embalagem do respetivo produto.
  • A diluição do produto também deve cumprir as recomendações indicadas no modo de utilização.
  • A temperatura desempenha um papel fundamental na ação do desinfectante. Se utilizar agua fria, o tempo de contacto do desinfectante deverá ser alargado (circulo de Zinner).
  • O enxaguamento é obrigatório e de acordo com a legislação relativa aos produtos de limpeza dos materiais que podem entrar em contacto com produtos alimentares.
  • E finalmente, o último ponto é a secagem. Deixar secar o tempo necessário.

Respeitar as 7 etapas

limpeza cozinha
passo 1
Eliminar os resíduos sólidos da superfície a limpar / desinfectar
passo 2
Pulverizar a superfície com desengordurante
passo 3
Enxaguar
passo 4
Pulverizar com uma solução desinfectante
passo 5
Deixar atuar durante 5 minutos
passo 6
Enxaguar com água potável
passo 7
Deixar secar naturalmente