Tornar-se num cliente

Pedir o cartão MAKRO

Vinho

Na Makro encontra as melhores colheitas. Uma enorme variedade de vinhos de origem Nacional e Internacional.

Apoiando a produção local, colaboramos com Entidades Certificadoras de Denominações de Origem de regiões portuguesas, trabalhando preferencialmente diretamente com os produtores de várias adegas. Há ainda alguns vinhos como os Vinhos do Porto, Espumantes e Champanhes, que são exclusivamente produzidos para a Makro.

Temos ainda uma seleção única de vinhos internacionais, oriundos de: Itália, França, Espanha, Argentina, Chile, Califórnia e Austrália.

Aconselhe-se com os nossos enologistas e crie a sua carta de vinhos, combinando-os com os diferentes pratos dos seus menus. Esperamos por si.

 

Os vinhos nacionais são as escolhas certas para diferentes menus, de origem criteriosa e diversificada, e sugestões à medida do seu negócio.

 

940x862_mapa_vinhos

Verdes

Da região noroeste de Portugal chegam os inigualáveis vinhos verdes. Entre o Douro e Minho são produzidos estes vinhos muito apreciados, de sabor leve e frutado.

Sugestão Makro:

o vinho verde harmoniza na perfeição com refeições leves como saladas, peixes, mariscos, tapas e sushi.

 

Trás-os-Montes

A norte do Douro encontramos a região vitivinícola de Trás-os-Montes. Os vinhos tintos oriundos destas terras montanhosas são, por norma, frutados e adstringentes. Os brancos destacam-se pela suavidade e aromas florais.

Sugestão Makro:

os vinhos brancos são bons para marisco ou comida asiática, enquanto o vigor dos tintos combina na perfeição com pratos da gastronomia local, como uma feijoada à transmontana.

 

Douro

No nordeste de Portugal, banhada pelo rio Douro, encontramos uma das mais antigas regiões demarcadas da história do vinho. Vinhos tintos, brancos e rosados com aromas frutados e florais, de sabor e personalidade vincada.

Sugestão Makro:  

os tintos novos combinam com pratos de carne vermelha e de cozinha tradicional portuguesa, como o cabrito assado ou a posta de vitela.

Os envelhecidos são perfeitos para acompanhar pratos de caça. Os brancos acompanham bem pratos de peixe gordo como salmão ou bacalhau, mas também frango ou coelho, acompanhados de molhos suaves.

 

Dão

A região vinícola do Dão produz vinhos de elevada qualidade. Das excelentes condições climatéricas e das caraterísticas do solo, resultam vinhos de inimitável cor rubi, aroma delicado e sabor aveludado, com a particularidade de envelhecerem de forma harmoniosa. Do Dão chegam vinhos tintos, brancos, rosados e espumantes naturais.

Sugestão Makro:

os brancos do Dão devem ser servidos a 10 ºC, enquanto a temperatura dos tintos deve rondar os 16 ºC. O espumante deve ser mantido a 6 / 7 ºC durante 24 horas e servido em copos de pé alto e vidro fino.

 

Bairrada/Beiras

Região fértil, atravessada por pequenos rios, onde na paisagem se destacam os milhares de hectares de vinhas. Os tintos são famosos pela densa cor vermelha, longevidade e sabor equilibrado. Os brancos são delicados e aromáticos, enquanto os espumantes são ideais como aperitivos.

Sugestão Makro:

os vinhos desta região acompanham na perfeição pratos de sabor intenso, tão caraterísticos na gastronomia nacional.

 

Tejo

Esta região, marcada pelo rio Tejo, é o berço de vinhos consistentes, de qualidade superior. Com ótimas condições naturais para o cultivo da vinha, aqui nascem diferentes estilos de vinhos.

Os brancos são frutados, frescos, acídulos e os tintos encorpados, de cor granada.

Sugestão Makro:

os brancos combinam com pratos de peixe como a caldeirada à pescador, fataça na telha ou o torricado de bacalhau. Os tintos são ideais com o cabrito frito ou assado à cachola e com lombinhos de porco.

 

Lisboa

A diversidade de relevos e microclimas da região de Lisboa está na origem de uma grande variedade de vinhos com elevada qualidade. De uma forma geral, os vinhos tintos caraterizam-se pela riqueza em aromas e taninos, ao passo que os brancos são frescos e de caráter citrino.

Sugestão Makro:

fruto da diversidade e qualidade dos vinhos provenientes desta região, aqui encontrará a escolha certa para harmonizar nas mais diversas ocasiões.

 

Península de Setúbal

Região de elevada qualidade como Vinhos Regionais da Península de Setúbal, D.O.C. Palmela e D.O.C. Setúbal. Aqui produzem-se tintos, brancos e moscatéis.

Sugestão Makro:

os brancos combinam com sardinhas, caldeiradas, sopas do mar, choco frito, feijoada de choco ou enguias. Os tintos são ideais para cabidela de galinha ou feijoada de frango frito, coelho com feijão, galinha do campo de cabidela, pato, ensopado de borrego, bucho com feijão ou codornizes.

 

Alentejo

Nas vastas planícies alentejanas encontramos uma das maiores regiões vinícolas de Portugal, onde são produzidos alguns dos melhores vinhos nacionais.

Os brancos são frutados, ligeiramente ácidos e por norma suaves, os tintos são encorpados e com aromas a frutos silvestres e vermelhos.

Sugestão Makro:

devido à vasta oferta gastronómica da região, são possíveis inúmeras combinações saborosas. Sugerimos vinhos leves e suaves para pratos ligeiros, e vinhos intensos e fortes para refeições mais robustas com temperos vincados.

 

940x479_vinho_talha

Vinhos de Talha no Alentejo

Com possível origem no território que hoje corresponde à Georgia, o vinho fermentado em barro tem mais de 8.000 anos de história. Neste local os recipientes de barro têm o nome de QVEVRI.

Este método de vinificação terá chegado a Portugal pelas mãos dos romanos há cerca de 2.500 anos.

O Alentejo tem sido o grande guardião desta bela tradição que é o Vinho de Talha.

No Alentejo, a Talha é um recipiente de barro com uma forma oval, normalmente revestida com resina de pinheiro (pez louro) não ultrapassa os 2.000 litros de capacidade. Ao longo do tempo a arte de vinificação em talha tem passado de geração em geração de forma quase imutável havendo diferentes métodos e técnicas hoje conhecidas.

Tradicionalmente as talhas são abertas no dia 11 de Novembro, dia de São Martinho, momento de festa nas adegas.

Devido à longa maceração pelicular os brancos são vinhos de cor dourada, aromas fumados e vegetais, e paladar rico e intenso. Já os tintos são vinhos de cor forte, aromas maduros, boca suave e persistente. No Alentejo estes são vinhos muito presentes na cultura do petisco e da convivência. Diz-se nesta região que estes vinhos cheiram a uva.


Vinhos de diferentes regiões e ao melhor preço

  • Enólogos

    Deixe-se aconselhar pelos nossos enólogos que o ajudarão na criação da sua carta de vinhos, recomendando a melhor ligação entre o vinho e os diferentes tipos de comida.

    Todos os nosso vinhos passam por rigorosos testes de qualidade, tudo para que possa oferecer aos seus clientes a melhor seleção de vinhos tendo a melhor relação qualidade/preço.

    Estamos ao seu lado com os melhores profissionais e as melhores colheitas.

  • Degustação

    Nas lojas Makro tem a oportunidade de experimentar os nossos vinhos antes de os comprar. Participe numa das muitas ações de degustação que costumamos realizar e fique a par das novidades ou descubra os sabores mais tradicionais que temos para lhe oferecer.

  • Garrafeira

    A nossa garrafeira conta com mais de uma centena de vinhos e referências nacionais e internacionais exclusivas, especialmente destinadas a hotelaria. Branco, Rosé, Tinto, Verde, Espumante, etc., descubra na Makro uma seleção de vinhos única, capaz de satisfazer as expectativas dos enólogos mais exigentes.

    Nas lojas do Algarve (Albufeira e Faro) poderá ainda encontrar um sortido de vinhos da região do Algarve.


Também poderá estar interessado em: