Tornar-se num cliente

Pedir o cartão MAKRO

Alergias e intolerâncias alimentares

São reações adversas a alimentos, devido à sua ingestão, contacto ou inalação. São provocadas por substâncias denominadas alérgenos que fazem parte dos alimentos. Enquanto os alimentos implicados são perfeitamente saudáveis para a maioria da população, nas pessoas afetadas, mesmo em pequenas quantidades podem provocar reações graves.

Os grupos de alimentos que mais frequentemente causam alergias são:

  • Cereais com gluten: trigo, centeio, cevada, aveia… (A doença celíaca é uma intolerância permanente ao glúten);
  • Peixe, Crustáceos e Moluscos;
  • Ovos;
  • Amendoins; 
  • Soja; 
  • Leite;
  • Frutos de casca: amêndoas, avelãs, nozes, caju, pistachos…;
  • Aipo;
  • Mostarda;
  • Sésamo; 
  • Sulfitos; 
  • Tremoços;
  • Produtos derivados de todos os anteriores.
A partir da Directiva 2003/89 / CE e alterações posteriores, qualquer ingrediente ou substância que possa causar reações alérgicas em consumidores e esteja presente em alimentos, deve ser claramente indicado no rótulo.

Em cumprimento do regulamento anteriormente citado, as empresas alimentares e de distribuição devem proporcionar ao consumidor, através da rotulagem dos seus produtos, informação clara a respeito da presença de alérgenos.

Os sintomas mais comuns das alergias alimentares, tendem a ser reações gerais de intensidade variável, da pele e aparelho gastrointestinal, e menos frequentes do aparelho respiratório ou outros sistemas. Reações graves, como problema cardiovascular, hipertensão e perda de consciência (choque anafilático) pode ocorrer. A manifestação é normalmente imediata, geralmente dentro de uma hora após a ingestão de alimentos.

O tratamento consiste em evitar o contacto e a ingestão do alimento que origine a alergia, sempre com as devidas precauções e mediante diagnóstico médico.

Horeca:

Restaurantes e outros lugares públicos de refeições, representam um ambiente de alto risco para consumidores alérgicos a alimentos, pelo que deverá constar informação acerca da composição dos pratos. Se existirem dúvidas, o consumidor afetado pela alergia, não deverá solicitar o prato em questão.

Mais informação sobre alergia aos alimentos:

FACE Federação de Associações de Celíacos de Espanha [www.celiacos.org]
Associação Espanhola de Alérgicos a Alimentos e Látex (AEPNAA) [www.aepnaa.org]